terça-feira, 18 de junho de 2013

Relato do meu Parto - O nascimento do Philippe Filho e o meu renascimento

Postado por Mamãe Anna Paula às 12:14 14 comentários
Bom dia pessoal, tudo bem?
Estamos aqui ainda nos adaptando a nova rotina. Hoje o Philippinho está com 01 mês e 16 dias cheio de saúde e evoluções.
Bom finalmente vim aqui relatar um dos momentos mais mágicos da minha vida, o meu renascimento e o nascimento do meu príncipe Philippe Filho.

Dia 02/05/2013 foi um dia mágico, acordei ás 05:30, ou melhor nem dormi né?! tomei um belo banho e nele revivi em forma de pensamentos tudo o que eu passei até aquele dia, toda a minha luta de tentante, as perdas, os negativos, a ansiedade, o medo, as tentativas, o dia do positivo, a primeira US, o primeiro som do coraçãozinho, a morfológica, o primeiro chute, a descoberta do sexo enfim todos esses momentos que jamais se apagaram da minha memória, naquele momento me senti abençoada por Deus, por ele ter me acompanhado em toda essa luta e ter permitido que eu chegasse até ali. Terminei o meu banho, me arrumei e conferi se não estava me esquecendo de nada, antes de sair fomos ao quarto onde a Mari dormia e me despedi dela com um beijo de ternura e uma vontade louca de acorda-la e contar que em poucas horas seu irmãozinho estaria enfim conosco, mas me contive. No caminho para a maternidade não consegui segurar a minha emoção e chorei muito, novamente todo o filme da minha luta para ser mãe novamente passou pela minha cabeça e ao ver que estava chorando meu marido me presenteou com carinhos em meu rosto, olhares de orgulho, afeto e com um beijo carregado de ternura.  Ás 07:40 chegamos a maternidade, fui fazer a ficha de internação enquanto meu marido pegava nossas malas no carro e levava para a suíte que ficaríamos. Quando estava fazendo a ficha a minha GO apareceu lá na sala dizendo que estava tudo preparado para a minha indução e que assim que eu terminasse ali era para subir imediatamente para a suíte, pois ela logo  iria começar o procedimento e foi isso que eu fiz. Subi para a suíte e uma enfermeira veio logo atrás de mim com aquela linda roupa de hospital para que eu a colocasse, logo em seguida minha GO entrou no quarto e me disse que iria introduzir um comprimidinho que ajudaria a dilatar ainda mais o meu colo e que se em 04 horas após a introdução eu não houvesse tido uma boa dilatação ela iria me colocar no soro com ocitocina, isso foi ás 08:40 e estava com 03 cm de dilatação. O comprimidinho começaria a fazer efeito após 30 minutos, eu já estava com contrações um pouco dolorosas e não senti grandes mudanças, ainda estava tranquila e ansiosa para começar de vez o meu trabalho de parto. Um pouco depois de ter colocado o comprimido meu padrasto e minha irmã chegaram e se juntaram ao meu marido e me fizeram companhia e isso fez com que o tempo passasse mais rápido.
Ás 13:00 a Dra Aline voltou e fez novamente outro toque e eu estava com 04 cm de dilatação, ou seja não tinha evoluído tanto e ela resolveu me colocar no soro. Fui para o soro ás 13:20 mais ou menos, e dali para frente meu trabalho de parto enfim começou. Logo que ela me colocou no soro comecei a sentir contrações mais fortes que foram evoluindo com o passar do tempo, ela me explicou o que era para acontecer e se sentisse muitas dores ou a bolsa se rompesse era para ligar para ela imediatamente, caso isso não acontecesse ela voltaria dali 01 hora. As dores foram aumentando  e vi ali que logo logo teria enfim meu príncipe nos braços. Fui para o chuveiro com a água quente para ver se as contrações diminuíam a intensidade da dor, minha irmã e uma prima querida que considero como irmã me ajudaram nesse processo, fiquei ali por alguns minutos mas logo vi que não estava adiantando muito e resolvi sair do banho, meu marido nesse momento chegou do almoço, tinha pedido que ele fosse almoçar para que ele renovasse suas forças pois a tarde seria longa, e junto com ele chegou a Dra Aline, ela novamente repetiu o toque e viu que eu já estava com 06 cm, ou seja tinha evoluído super bem durante a 01 hora que eu já me encontrava no soro, ela disse que as dores iriam se intensificar cada vez mais e que qualquer coisa a chamasse, pois ela estaria por perto, isso era ás 14:00. Assim que ela saiu as dores pioraram, acho que por causa do toque, fui aguentando firme, mudando de posição, recebendo massagens do marido e da minha prima que tentavam amenizar toda aquela dor, mas já não estava aguentando mais e pedi para o meu marido que ligasse para a minha médica e contasse da intensidade das minhas dores, meu marido pegou o cel e ligou para ela contou tudo e ela pediu para falar comigo, perguntou se eu não queria que chamasse o anestesista, pois ele demoraria uns 30 minutos para chegar a maternidade, na hora eu pensei que não precisaria dele naquele momento, mas derrepente veio um SUPER contração e eu mandei o anestesista vir CORRENDO kkkk. Logo em seguida ás 15:00 mais ou menos a Dra Aline chegou no meu quarto e novamente mais um toque, já estava de 08 cm e dali ela não saiu mais, nesse momento meu marido ligou para a enfermeira da coleta das células troncos e pediu que ela já se encaminhasse para a maternidade que logo eu iria para o centro cirúrgico. Eu estava sentindo contrações muito fortes e a fofa da Dra Aline ficou fazendo massagens nas minhas costas, fez alguns exercícios que ela dizia ser muito bom que diminuiria as contrações e que ajudaria abrir mais a bacia para que o Philippinho descesse ainda mais e foi assim até irmos para o centro cirúrgico já com 09 cm de dilatação. Logo após o anestesista, um japonês muito engraçado, chegou e me aplicou a raque, porém mais baixa onde eu não perderia toda a sensibilidade das pernas e que dali 02 horas a anestesia teria passado por completa. Logo que ele aplicou senti só mais uma contração e depois não senti mais nada, foi como ter tirado com a mão toda aquela dor, eu apenas repetia sem parar que ele era um anjo e que quando morresse iria diretinho para o céu (com isso dá para vocês imaginar a intensidade das dores que eu estava sentindo).
Ás 16:00 já estava todos prontos, meu coração não batia ele já trotava, pois minha a vontade de pegar meu pequenos nos braços era tamanha que já havia tomado conta de mim. Já estava com dilatação total porém minha bolsa não havia rompido e consequentemente o Philippe Filho ainda estava alto, então a Dra Aline resolveu romper a minha bolsa e assim foi feito, voou liquido para todo o lado (lembram que eu estava com o liquido amniótico aumentado?! então imaginam o tanto de água que escorreu) e acabei dando um banho na Dra Aline. O liquido saiu branquinho o que me deixou aliviada e no mesmo instante o Philippe Filho desceu e já comecei a sentir fortes pressões, uma vontade louca de fazer o n2, ali vi que o momento do expulsivo havia começado e comecei a fazer força. A cada força que fazia sabia que estava mais perto do meu filho, eu olhava para a cara do meu marido e via que ele estava muito orgulhoso de mim e que estava se segurando para não chorar. A cada força que eu fazia ele me motivava ainda mais e nos intervalos trocávamos olhares ansiosos e cheios de vontade de conhecer enfim o nosso sonho. Meu marido participou ativamente de todo o Trabalho de parto o que me deixou orgulhosa dele, pois ele achava que não aguentaria em pé ver todo aquele procedimento e ver todo aquele sangue, mas aquele momento é tão mágico, tão surreal que ele viu o Philippinho lá dentro do canal vaginal, viu toda a decida dele, viu quando ele coroou e viu o momento mais importante o seu nascimento, isso tudo ao lado da Dra Aline.
Quando o Philippe Filho coroou a Dra Aline cortou um pouco do cabelinho dele e me entregou para que eu notasse o tanto de cabelo que ele tinha. Quando eu vi aquele cabelinho meu coração parou por alguns segundos, eu vi ali que era tudo verdade, que eu realmente havia gerado um serzinho e que ele estava prestes a vir para os meus braços, nessa hora me encontrei segurando para não chorar olhei para o meu marido e vi a emoção dele brotar em seus olhos, olhei para a minha médica e vi um lindo sorriso e ouvia distante ela me pedindo para fazer uma força ainda maior, pois essa seria a última e foi o que eu fiz, ás 16:38  eu o vejo, sim eu vi meu pequeno sonho nascer e logo em seguida vir para os meus braços e ali naquele instante voltei a respirar. Foi um momento tão mágico, tão lindo que não tinha como não deixar que aquela emoção escorresse pelos meus olhos, vi ali o amor de Deus por mim, senti ali a presença da minha mãe e enfim me senti completa.
Ter o Philippe Filho em meus braços me fez sentir a mulher mais feliz desse mundo, vê que meu filho era todo perfeitinho e que ao entrar em contato com o meu corpo ele parasse de chorar me fez me sentir forte e única. Ele foi examinado primeiramente nos meus braços entre beijos e carinhos meus e logo em seguida foi para o meu peito, sim meu filho mamou em mim ainda no centro cirúrgico e mamou muito. Eu e meu marido estávamos explodindo de tanta felicidade, de orgulho, de gratidão por um Deus que só é amor e que nos proporcionou passar por esse momento mais uma vez, só sabíamos rir e chorar ao mesmo tempo.
Ficamos ali por algum tempo até que uma enfermeira bateu na porta do centro cirúrgico e disse que toda a família estava aflita lá fora aguardando por notícias, que eles haviam ouvido um choro e queriam saber se era do meu pequeno, se ele enfim tinha nascido, com isso a Dra Marcia pegou o Philippinho do meu colo e o examinou de uma forma mais completa, fizemos algumas fotos e os meus Philippes foram para o berçário para que toda a família pudesse o conhecer. Fiquei no centro cirúrgico por alguns minutos a mais, até a Dra Aline terminar o serviço, como ela disse tinha que reformar direitinho o play ground kkkk, depois fiquei alguns poucos minutos em um corredor esperando me levarem para o quarto e ali sozinha pude pensar em tudo o que aconteceu e chorar um pouco mais, ou melhor chorei muitoooo até que a porta que dava acesso onde a família estava se abriu e a Mari me viu, quando ela viu que eu estava chorando ela se preocupou e ficou me perguntando o porque do meu choro e eu disse para ela que era de felicidade e logo em seguida ela foi me contar que tinha conhecido o irmãozinho, que ele era pequenininho, que ele estava chorando. Ver toda aquela empolgação da minha princesinha só me fez chorar ainda mais e agradecer a Deus por tudo aquilo. Passei por toda a família para ir para a suíte e pude receber todo o carinho deles, logo e seguida meu pequeno príncipe veio atrás já tomado banho e com a roupinha da primeira troca escolhido por mim.
A Suíte estava lotada, toda a família queria ver meu pequeno, saber como ele estava e todo aquele carinho me alegrava ainda mais, depois do primeiro contato de todos com meu pequeno ele voltou para os meus braços e mais uma vez pude amamenta-lo e de lá ele não saiu mais. Naquela noite ele dormiu super bem, só acordava de 02 em 02 horas pra mamar e dormiu comigo na cama onde eu fiquei velando seu sono, babando em cada tracinho dele e rezando e agradecendo a Deus por o milagre da vida.
Foi um momento único e mais do que especial, JAMAIS me esquecerei de cada um desses momentos, pois eles não estão gravados na memória e sim no coração.

O meu milagre nasceu dia 02/05/2013 ás 16:38 de parto normal, pesando 2,255 e medindo 48 cm, com apgar 8/9.

Cortando o cordão 

Primeiro contato

O primeiro toque dele em mim

O primeiro beijo

REALIZADA

A responsável por esse dia mágico, Dra Aline. Somos seus fãns 

Identificando meu amorzinho 

Dra Márcia, um amor

Meus homens

Primeiro beijo do papai

Primeiro beijo da irmanzinha

Enfim completa


Titia Monique
Vovô Jesus
Vovó Graça e Vovô Custódio

Queria deixar aqui TODO o meu agradecimento ao meu marido e filha que me apoiaram, que me deram todo o amor durante esses 09 meses, que cuidaram de mim e me fizeram me sentir ainda mais especial. Quero agradecer aos meus pais, sogros e a toda a nossa família pelo carinho, amor, orações e por me fazer me sentir importante para vocês, a minha irmã Monique e a minha prima Van por terem cuidado de mim durante o meu trabalho de parto e por tentarem amenizar de alguma forma as minha contrações. Quero agradecer aos amigos pelo carinhos, pelas palavras lindas, pelas orações, pelos votos de felicidade e saúde tanto para mim quanto para o meu pequeno. Quero agradecer a Dra Aline por ter cuidado tão bem de mim, por ser essa médica excelente e humana, por sempre se manter disposta quando precisei da sua ajuda, pelas mensagens no celular, pelo carinho, pela competência, por ter me apoiado e lutado comigo pelo meu parto normal e por ter trago o meu filho a vida, sou e serei eternamente grata a você :D. Quero agradecer em especial a minha mãezinha por ter cuidado de mim e do meu príncipe e por ser a minha mãe, que mesmo lá do céu eu pude sentir sua presença e amor em todo o momento. Quero agradecer também a Deus, Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora de Fátima por terem cuidado de nós, nos abençoado e por proporcionarem a minha e a minha família a oportunidade de poder colocar no mundo mais um serzinho de Deus o qual é e será muito amado.
Obrigada a vocês minhas amigas virtuais, as leitoras do meu blog que desde sempre lutaram junto comigo, que comemoraram cada vitória minha e que pude dividir cada fase da minha gestação e receber MUITO carinho em troco. Amo vocês!!!

OBRIGADA, OBRIGADA, MUITOOOOOO OBRIGADA!!!!


quinta-feira, 6 de junho de 2013

Nasceu o meu Philippe Filho (L)

Postado por Mamãe Anna Paula às 23:55 17 comentários
Boa noite amores!!
Desculpa o sumiço total, mas é que aconteceram TANTAS coisas depois do meu último post que não deu para voltar aqui.
Meu príncipe nasceu dia 02/05/2013 ás 16:38 de Parto Normal, pesando 3,255 e medindo 48 cm lindoooo e saudável.

Foto tirada pela titia Monique. A família toda olhando para ele no berçário.


Meu gatinho lindo

Olha só a pose

Papai babão

Foto do dia em que recebemos alta da maternidade

Foto tirada minutos antes dele ir para a UTI


Sou muito observador

Adoro me agarrar na minha naninha







Depois vou fazer um post só para relatar meu parto, contanto TUDO, com direito a fotos hehehehe.

Com 03 dias de vida meu pequeno foi encaminhado para a UTI, devido a uma infecção, sim a danada do Streptococcus nos pegou novamente. Já havia recebido alta da maternidade e ter que voltar para lá e levar meu milagrinho para UTI não foi nada fácil, mas com 08 dias de tratamento recebemos a vitória  meu pequeno estava 100% curado e podemos enfim ir para casa. (Depois farei um post explicando tudo e contando como foram esses dias na UTI).

Unidos SEMPRE

Meu pequeno grande guerreiro



Hoje meu pequeno está com 01 mês e 04 dias de muita gostosura e saúde, ele é um anjinho, muitoo fofo e bonzinho. Já aprendeu o que é bom na vida e não quer sair mais do colinho da mamãe e por isso e por outras coisinhas é que não vim aqui antes, pois quando meu pequeno dorme volto as minhas atenções para a minha pequena princesa Marianna, para meu marido e para a minha casinha.


Que soninho mamãe

Adoro tomar banho, fico todo calminho.



A Mari se adaptou MARAVILHOSAMENTE bem a achegada do irmãozinho, ela é uma SUPER irmã, beija, abraça, faz carinho no irmão a todo o momento. Essa semana a professora dela me disse que a Marianna se desenvolveu muito depois da chegada do irmão, ela notou que a Mari está mais responsável e mais calma (será que fiquei MEGA orgulhosa da minha filha?!). Só tenho o que elogiar a minha pequena, ela me surpreende cada dia mais :D

Primeira foto com o irmão, assim que ele nasceu.

Apaixonada pelo irmão

Eles se divertem muito juntos

Razão da minha vida (L)

Ela adora ser a cadeirinha dele 





Deus me presenteou com jóias raras e sou eternamente grata a ele. Estou e sou muito feliz por ter a família que tenho e por saber que mesmo pelos percausos da vida ainda tenho muitos motivos para sorrir e agradecer a Deus.





Amores, assim que conseguir um tempinho volto com o relato do meu parto!!
Obrigada a todo o carinho que recebi e pelas orações pelo meu filhote.
Beijocassss

 

Sonho de três Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea